Rádio Santa Cruz - FM

NOTÍCIAS DO DIA


Disparam as vendas de ventiladores na cidade: estoque do comércio baixa rapidamente

21/09/2021

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

O calor está tão forte em Pará de Minas que nem mesmo a alta na conta de energia elétrica, com a vigência da chamada “Bandeira de escassez hídrica”, tem freado o consumo de ventiladores e climatizadores.

O Jornal da Manhã apurou junto às lojas especializadas que a procura disparou nas últimas semanas. O movimento tem sido tão grande que, em alguns estabelecimentos, o estoque preparado para a semana tem sido insuficiente para atender a demanda.

O mais queridinho dos consumidores é o ventilador, que pode variar de R$ 120 a mais de R$ 250, dependendo do modelo, marca e potência. 

Alessandro Barros, gerente da Zema, e Paulo Sérgio de Oliveira Baeta, vendedor da Casa Camargos, confirmam o bom momento acreditando que a procura deverá se manter elevada nas próximas semanas.

Esse cenário observado em Pará de Minas também acontece em boa parte do estado. Segundo a Associação Brasileira de Refrigeração, Ar- Condicionado, Ventilação e Aquecimento em Minas Gerais (Abrava-MG), as vendas de condicionadores de ar subiram mais de 50% em relação a agosto. 

O ponto negativo, de acordo com a associação, é que paralelo à disparada das vendas também cresceu o preço de produção desses produtos. Um ar-condicionado, que em agosto era repassado às revendas por cerca de R$ 1 mil, já está custando aproximadamente R$ 2 mil.

Com relação à energia elétrica, especialistas orientam os consumidores a colocarem no papel o consumo mensal para que o investimento não se transforme numa grande dor de cabeça. Atualmente, com a bandeira de escassez hídrica, a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos, são cobrados R$ 14,20 extras na conta. 

Outro dato relevante: de acordo com a Cemig, independentemente da bandeira, um único ventilador ligado oito horas por dia consome 42 kWh mensais, deixando a conta de luz R$ 25,95 mais cara no fim do mês. Na comparação com o ar-condicionado, com o mesmo tempo de uso diário, o consumo será de 250 kWh/mês, gerando uma conta de R$ 154,51. 

Fotos: Amilton Maciel/Rádio Santa Cruz FM




Clique nas fotos para ampliar

Há 0 comentários. Comente essa notícia.


Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim




Seja o primeiro a comentar

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis