Rádio Santa Cruz - FM

CANAL CIDADÃO


Enviar Notícia

Filas da indignação: nas instituições financeiras parece que o coronavírus não chega

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

Tudo igual na porta do Mercantil do Brasil em Pará de Minas. A semana avança com as mesmas filas enormes que provocaram muitas reclamações dias atrás. Na esperança de perder menos tempo, os clientes têm chegado cedo. 

E a consequência pode ser vista por todos que passam pela Rua Delfim Moreira, onde fica a agência. Sem fila preferencial, sem distanciamento e com protestos por todos os lados.

A maioria das pessoas que enfrenta a fila é formada por idosos em busca da aposentadoria ou da pensão:

O advogado Henrique Altivo, representante da OAB Pará de Minas no Comitê de Enfrentamento à Covid-19, também tem testemunhado as filas dos bancos com muita preocupação.

E diante do problema que pode acelerar a propagação do vírus, ele sugere a intervenção da prefeitura. A proposta dele é que o município siga o exemplo de Nova Serrana, que fica a poucos quilômetros daqui:

E as sugestões não param aí. Lá do bairro São Pedro, a moradora Inês Costa Silva defende a adoção do agendamento de horários nos bancos de Pará de Minas. Ela pergunta: Se quase tudo hoje em dia é feito na base do agendamento, porque os bancos não podem adotar esse sistema?

Fotos: Arquivo Rádio Santa Cruz FM







Clique nas fotos para ampliar

Há 0 comentários. Comente essa notícia.


Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim




Seja o primeiro a comentar

Escreva as letras correspondentes à imagem abaixo:

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis