Rádio Santa Cruz - FM

CANAL CIDADÃO


Enviar Notícia

Mato toma conta do Campo do Rio Branco e prefeitura não sabe como limpar, mas anuncia pretensão de colocar grama sintética

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

O Estádio Edson Campolina Pontes, o campo do Rio Branco, pede socorro. O mato tomou conta de todo o espaço, e o que era um campo, hoje está mais parecido com um pasto, servindo, inclusive, de depósito de lixo.

A vegetação cresceu tanto que está invadindo parte da arquibancada e, em algumas áreas, chega a tampar o alambrado e o muro. As cenas são bem diferentes do que já se viu em um estádio que recebeu grandes jogos do futebol amador paraminense.

A reportagem do Jornal da Manhã foi chamada até o local por moradores vizinhos do estádio. Preocupados com a situação, eles cobraram ações por parte do poder público – já que o campo, agora, pertence ao Município.

Além do mato alto e dos riscos que ele representa para a comunidade, os moradores citaram o descarte de lixo no campo. Falaram conosco Regina Célia Duarte e Claudio Gomes dos Santos, que residem na rua Primo Barbosa.
Embora seja uma situação preocupante para a comunidade, a limpeza do campo pode levar mais tempo que o esperado. Isso porque, segundo apurou o Jornal da Manhã, a própria prefeitura ainda está indecisa sobre quem fará o serviço. A Secretaria de Obras e Infraestrutura diz que a atribuição é da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo.

Essa, por sua vez, alega que não tem equipe especializada em roçada e repassa o trabalho para a Secretaria de Agronegócio, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente quando há necessidade de limpeza nos campos que ficam nos distritos. 
Já a pasta do Meio Ambiente admitiu que ajuda, pois tem profissionais que ficam em cada povoado para manter a conservação do espaço e de outras áreas públicas, como praças e ruas.

Inclusive, esses locais são prioridades na hora de fazer a limpeza. 
Mas no caso do Estádio Edson Campolina, que foi municipalizado no ano passado e está na área urbana, a Secretaria de Meio Ambiente não descartou ajudar, mas isso só vai acontecer quando houver disponibilidade de equipe. 

O prefeito Elias Diniz já está a par do assunto, mas não especificou quem ou quando o Município solucionará o problema. No entanto, ele anunciou a intenção de instalar grama sintética no estádio. 
Já sobre a conclusão da obra de contenção do barranco da rua José Gregório, que faz divisa com o estádio, a Secretaria de Obras informou que irá contratar uma empresa para fazer a drenagem da rua e evitar que a água continue infiltrando no barranco. A expectativa é que até o fim deste mês, o serviço possa ser iniciado.

Fotos: Amilton Maciel - Rádio Santa Cruz FM






Clique nas fotos para ampliar

Há 0 comentários. Comente essa notícia.


Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim




Seja o primeiro a comentar

Escreva as letras correspondentes à imagem abaixo:

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis