Rádio Santa Cruz - FM

PARÁ DE MINAS EM DESTAQUE


Cobrança de multas nas infrações de dengue esquenta as discussões nas ruas da cidade

07/03/2020

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

O anúncio da Secretaria de Municipal de Saúde, através do Setor de Endemias, sobre a cobrança de multas para quem infringir as normas de prevenção da dengue, causou muita repercussão na cidade. A população ficou impactada diante dos valores que serão cobrados pelas condutas proibidas. Segundo a tabela de preços, o valor de multas irá variar de acordo com a gravidade da situação.

As mais baratas serão de R$348,42 enquanto as mais altas chegarão a R$799,42. E em caso de reincidência, o valor dobra. São várias as manifestações populares em torno do assunto. 
Muitas pessoas concordam que sem a pressão do bolso a colaboração das pessoas menos conscientes será realmente pequena. Existe polêmica também em torno dos lotes pertencentes à Prefeitura de Pará de Minas.

Muitos deles estão sujos e com a frequência das chuvas o crescimento do mato acelerou, agravando a situação. O Setor de Endemias responde, garantindo que os cuidados também estão sendo tomados com o patrimônio público. 
Parte da comunidade tem reclamado da demora no atendimento às denúncias e o Setor de Endemias também contra-ataca, dizendo que o telefone 3231 7863 está sempre disponível para isso.

Sobre a presença dos agentes de saúde que não cumprem fielmente as funções, ou seja, visitam as casas e só assinam o comprovante ao invés de inspecionar todas as áreas, está mantida a decisão de afastá-los da função. Qualquer pessoa que perceber a infração deve ligar imediatamente para o órgão de saúde.

O importante nesse momento que exige atenção redobrada é uma mobilização geral para evitar o agravamento do quadro. Pará de Minas já tem mais de mil casos de dengue registrados neste ano, inclusive nas avaliações da Secretaria de Estado de Saúde a cidade entrou na lista da taxa de incidência muito alta.

As chuvas facilitaram a formação dos focos do aedes aegypti mas, sem dúvida alguma, foi a pequena colaboração de boa parte dos moradores que contribuiu para o avanço rápido dos casos de dengue na cidade. 
O momento é crítico, não dá mais para adiar a responsabilidade de cada um de nós, cabendo ao poder público ações emergenciais para reverter a gravidade da situação.

Foto: Prefeitura Municipal de Pará de Minas/Divulgação




Veja também



Início  213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 Fim




Seja o primeiro a comentar

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis