Rádio Santa Cruz - FM

PARÁ DE MINAS EM DESTAQUE


Ministério da Saúde dispensa reserva da segunda dose de vacinas anti-covid: municípios mineiros reagem

23/02/2021

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

O Ministério da Saúde oficializou a informação de que todas as doses da vacina anti-covid que chegarem aos municípios, através das secretarias regionais de saúde, deverão ser aplicadas o mais rápido possível nas faixas etárias prioritárias da campanha de imunização.

Isso significa que, a partir de agora, os municípios não terão que fazer a reserva de estoque para a segunda dose. O Ministério da Saúde garante que na época do reforço disponibilizará ampolas em quantidade suficiente.

A informação foi recebida com preocupação pelo secretário de Saúde de Pará de Minas. Wagner Magesty disse que como o Brasil é muito grande, pode ser que aconteça alguma falha no escalonamento da segunda dose da vacina:

A preocupação do secretário é a mesma de centenas de outros gestores da saúde e o assunto chegou ao Governo de Minas que já informou a pretensão de continuar mantendo reservas para a aplicação da segunda dose. 
E a Secretaria de Saúde de Pará de Minas continua sem informações de quando a cidade receberá mais doses da vacina. A remessa que deveria ter chegado na última sexta-feira foi adiada e a nova data segue indefinida.

Outra situação que está deixando Wagner Magesty inquieto é a ocupação de leitos de enfermaria e CTI covid por pacientes que estão chegando de longe. Havia um acordo entre o município de Pará de Minas e a Regional de Saúde no sentido que somente pessoas da microrregião seriam encaminhadas para cá.

Mas desde que a pandemia apresentou sinal de piora que o Hospital Nossa Senhora da Conceição passou a receber pacientes de longe, inclusive do Triângulo Mineiro. Somente na semana passada foram cinco de Coromandel, sendo que um deles morreu dois dias depois. Magesty discutiu o assunto ontem com representantes da Secretaria Estadual de Saúde. A preocupação dele é com as novas variantes do coronavírus, mas já existe a percepção de que dificilmente escaparemos dela:

Com as vacinas que ainda restam no estoque a Secretaria de Saúde está imunizando os profissionais da área, que trabalham na linha de frente, além dos idosos com mais de 90 anos. Na próxima remessa serão incluídos os maiores de 80 anos. 
Pelo ritmo da campanha já dá para perceber claramente que a imunização de toda a população vai demorar. É uma campanha longa que vai exigir persistência do poder público e paciência da população.

E a programação estimada pelo Ministério da Saúde poderá demorar ainda mais, dependendo do prazo de adaptação das vacinas para as variantes do coronavírus. Caso as vacinas Coronavac e Oxford/Astrazeneca tenham sua eficácia reduzida contra as novas cepas em circulação, o processo de adaptação dos imunizantes deverá durar cerca de dois meses, segundo relataram cientistas envolvidos nas pesquisas.

Os estudos são feitos em duas frentes principais. Na primeira, é realizado o sequenciamento genético do vírus presente em amostras de pacientes infectados e que foram vacinados. O objetivo é checar se há mais casos da doença entre os infectados pelas variantes. Já na segunda frente, são feitos testes que colocam o soro de pacientes imunizados em contato com as novas cepas para ver se os anticorpos no soro são capazes de neutralizar o patógeno.

A maior preocupação é com a cepa P.1, originada no Amazonas. Ela já predomina em Manaus e chegou em pelo menos mais dez estados. E vamos agora à atualização do boletim do coronavírus em Pará de Minas. O número de óbitos chegou a 60. De sexta-feira até ontem, quatro pessoas morreram em decorrência de complicações do vírus.

Além disso, seis novos casos foram confirmados. O total de testes positivos passou a ser 2.130, enquanto os casos recuperados chegaram a 2.032. Os acompanhamentos domiciliares subiram para 30. O número de pessoas internadas caiu para oito.

Fotos: Arquivo/Rádio Santa Cruz FM




Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim


RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis