Rádio Santa Cruz - FM

PARÁ DE MINAS EM DESTAQUE


Mais duas mortes e 22 diagnósticos de coronavírus confirmados na cidade

08/04/2021

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

Pará de Minas oficializou mais duas mortes por covid. As vítimas eram um paciente de 63 e outro de 73 anos que estavam internados no Hospital Nossa Senhora da Conceição. Com isso, subiu para 96 o número de óbitos no município. Também foram confirmados mais 22 diagnósticos da doença, elevando para 2.750 o número de infectados. Os acompanhamentos domiciliares subiram para 90 e as internações baixaram para 20.

E a Prefeitura de Betim está entrando com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal contra o confisco da vacina anti-covid, anunciado pelo Ministério da Saúde. Na semana passada, o prefeito Vittorio Medioli anunciou a compra de 1,2 milhão de doses da vacina russa Sputnik V, cuja previsão de entrega é para o fim de abril. Mas, logo depois, o governo federal informou que todas as doses deveriam ser enviadas para o Ministério da Saúde.

Medioli contesta a determinação, dizendo que vai recorrer à Justiça para assegurar que a vacina chegue diretamente à população de Betim. Ele garante que vai cumprir o Plano Nacional de Imunização, vacinando pela ordem dos grupos prioritários. O prefeito acusou o governo federal de não ter competência para comprar vacinas para todos os grupos. Betim recebeu pouco mais de 20 mil doses para uma população de quase 450 mil pessoas.

Já em Brasília, a Câmara dos Deputados aprovou o texto-base da proposta que permite à iniciativa privada comprar vacinas contra a covid-19 para a imunização gratuita de seus empregados, desde que doe a mesma quantidade ao SUS. Mas a matéria ainda precisa de votação do Senado. Em Belo Horizonte e na região metropolitana, uma nova cepa do coronavírus com 18 mutações foi identificada por pesquisadores. Ainda não se sabe se ela causa maior transmissão do vírus ou provoca quadros clínicos mais graves.

Os pesquisadores ressaltam que não há motivo para pânico, mas reforçam que é preciso ter cada vez mais vigilância. E o Instituto Butantan negou a paralisação da produção da Coronavac. O assunto causou muito alvoroço ontem e foi esclarecido com a informação de que o Butantan está inspecionando a qualidade do lote de 2,5 milhões de doses já envasadas para liberação na semana que vem.






Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim


RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis