Rádio Santa Cruz - FM

PARÁ DE MINAS EM DESTAQUE


Proprietários de bares grosseiros partem para o ataque contra os fiscais sanitários

03/05/2021

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

Bares e restaurantes continuam liderando as infrações em Pará de Minas no que diz respeito à prevenção da transmissão do coronavírus. A informação consta no novo relatório dos fiscais que têm percorrido a cidade diariamente. O grupo de servidores públicos é composto por funcionários das secretarias de Saúde e Fazenda, além de contar com apoio da 19ª Cia da Polícia Militar e até do Corpo de Bombeiros, se preciso for.

As infrações nos bares e restaurantes voltaram a ser registradas em maior quantidade no fim de semana, que foi o segundo desde a migração do município da onda roxa para a vermelha. Na região do Recanto da Lagoa dois estabelecimentos foram multados. Já em outros bares a fiscalização apenas notificou, uma vez que os proprietários se prontificaram a corrigir as falhas imediatamente. 

No entanto, mesmo com sentido educativo, os fiscais continuam sendo mal recebidos em muitos estabelecimentos. O desrespeito dos donos vai desde o tom de voz elevado, até ameaças e outras grosserias que aparecem com frequência nos relatórios. Outra situação que está muito evidente na cidade é a ausência de máscaras nas pessoas que estão nas filas de atendimento de vários estabelecimentos comerciais, principalmente das lotéricas.

Os fiscais têm solicitado aos donos que não permitam nenhum acesso ao interior do estabelecimento por parte de quem estiver sem a proteção facial, mesmo assim o pedido nem sempre é atendido. Como o risco do relaxamento das medidas representa grande perigo para a saúde da população, a prefeitura mantém o monitoramento para evitar abusos. Inclusive continua de pé a ameaça do prefeito Elias Diniz de fechar a cidade novamente em caso de maior incidência nos testes positivos.

Por outro lado, o relatório da Vigilância Sanitária mostra maior consciência de parte da população. Aumentou o número de denúncias feitas pelo 0800 940 9402, sendo que boa parte das ligações é feita por vizinhos dos estabelecimentos infratores. A garantia de anonimato deixa os denunciantes mais à vontade, tanto é que em muitas situações eles oferecem várias informações aos fiscais.

Um exemplo está nos bares que permitem excesso de clientes, achando que ninguém vai perceber do lado de fora. 
Estimulados pela gratuidade da ligação no 0800 e livres de complicações, exatamente por não terem o nome revelado, os denunciantes não estão relaxando. Tudo que enxergam de errado, passam adiante – no caso, para os fiscais e a polícia.

Foto: Prefeitura de Pará de Minas/Divulgação




Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim


RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis