Rádio Santa Cruz - FM

PARÁ DE MINAS EM DESTAQUE


Máquinas e homens por todo lado: força-tarefa tenta minimizar os impactos da chuva no município

14/01/2022

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

A Secretaria de Obras apresentou o novo levantamento das operações emergenciais que estão sendo feitas em Pará de Minas, em consequência dos estragos causados pelas chuvas. Com a trégua dada nesses últimos dias, pelo menos no que diz respeito ao volume maior de água, homens e máquinas têm conseguido minimizar os problemas.

Um deles pode ser amenizado ainda hoje, no bairro Grão Pará. A rua José Gomes Ferreira, onde seis casas foram interditadas, está sendo aterrada. A compactação do trecho em frente às moradias deve ficar pronta à tarde.

É uma medida paliativa porque a solução definitiva só vai surgir mesmo com a construção de um gabião, que é um tipo de estrutura armada, de grande durabilidade e resistência. Pedras de brita são compactadas em paredões. A prefeitura já tinha aberto a licitação para a contratação da empresa responsável pelas obras, mas as chuvas vieram antes.

A Secretaria de Obras também está trabalhando nas estradas rurais e nas ruas e avenidas de Pará de Minas, tanto nos bairros como no centro. Nos trechos de acesso aos distritos e povoados a prioridade recai sobre as vias interditadas, entre elas Meireles.

Já na zona urbana, o tapa-buracos paliativo tem dado preferência às vias com maior fluxo de veículos, caso das avenidas Ovídio de Abreu, Presidente Vargas e Mello Cançado. Se o tempo ficar estável hoje, o tapa-buracos deve chegar ao bairro São Cristovão. O secretário José Cornélio informou que vai disponibilizar 40 toneladas de asfalto para as obras emergenciais:

E diminuiu o número de pontos interditados parcialmente ou totalmente nas rodovias federais e estaduais que cruzam Minas Gerais. O levantamento da Polícia Militar Rodoviária aponta para a interdição parcial de 90 pontos e outros 33 trechos completamente interditados. 
Uma das interdições parciais está bem perto de Pará de Minas.

No km 388 da BR 262, a concessionária Triunfo Concebra foi forçada a suspender o tráfego em uma das pistas, após a identificação de trincas e depressões no pavimento. 
Para aliviar o tráfego no local, o trânsito está fluindo em sistema de Pare/Siga, com mão dupla em pista única. A concessionária pede que os motoristas respeitem a sinalização, reduzam a velocidade e mantenham a distância segura do veículo da frente.

Para ganhar tempo, muitos motoristas estão optando pelo trecho de Florestal mas, nesse caso, também é preciso muita prudência porque a pavimentação asfáltica está em péssimo estado. O governador Romeu Zema está pedindo ao governo federal perto de R$950 milhões para o enfrentamento dos danos causados pelas chuvas.

O pedido foi formalizado junto aos ministérios do Meio Ambiente e da Cidadania. 
Quase 400 municípios mineiros estão em situação de emergência. Foi criado um Comitê Gestor de Medidas de Prevenção e Enfrentamento das Consequências do Período Chuvoso, contando com as Forças de Segurança e secretarias estaduais para dar apoio aos municípios atingidos.

Fotos: Prefeitura de Pará de Minas/DIvulgação e PRF e Redes Sociais/Reprodução




Clique nas fotos para ampliar


Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim




Seja o primeiro a comentar

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis