Rádio Santa Cruz - FM

PARÁ DE MINAS EM DESTAQUE


Superação: ex-dependente químico se recupera do vício depois de ter morado até no esgoto

20/02/2024

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

Hoje é o Dia Nacional de Combate às Drogas e Alcoolismo. A data tem o objetivo de conscientizar a população sobre a dependência química e os riscos que ela acarreta na saúde humana e na sociedade.

O vício em drogas, sejam elas lícitas ou não, é considerado doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, segundo dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, mais de 11 mil pessoas morrem anualmente por transtornos mentais e comportamentais relacionados ao uso de álcool e outras drogas.

A porta de entrada para as drogas é uma das principais dificuldades de combate ao problema. É que o primeiro passo para o uso dos entorpecentes pode acontecer em qualquer fase da vida, até mesmo na infância. Magno Tailor, que é assistido pelo Caps AD de Pará de Minas, começou aos 10 anos de idade. 

O uso abusivo de drogas levou Magno a morar na rua e ele viveu situações deploráveis para manter o vício, chegando a morar em um esgoto.

Hoje, perto de completar 36 anos, Magno tem uma condição de vida diferente. Está participando de oficinas do Caps AD a fim de se livrar do vício e de seus malefícios e voltou a morar com a família, lutando por uma vida melhor.

Assim como Magno Tailor, várias pessoas também estão lutando para vencer o vício do álcool e outras drogas. Um dos serviços públicos que ajudam nesse enfrentamento é o Caps AD, que oferecem oficinas com o intuito de fortalecer os vínculos familiares e o convívio social.

Segundo Alisson Soares, coordenador do órgão, diferentes fatores fazem o indivíduo consumir as substâncias químicas.
Considerada lícita e uma espécie de gatilho para outras substâncias, o álcool é a droga mais consumida no Brasil, segundo pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). De acordo com o levantamento, mais da metade da população brasileira entre 12 e 65 anos já consumiu bebida alcoólica pelo menos uma vez na vida. 

Alisson Soares diz que o uso abusivo das drogas pode não ser identificado pelo usuário, mas facilmente percebido pelos familiares. Ao Jornal da Manhã, ele deu mais detalhes de como perceber os sinais de um consumo indevido. 

Caps AD é o Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas, e está localizado na rua Santa Quitéria, no bairro Esplanada. O atendimento é oferecido através do SUS, portanto, gratuito para toda população.

Fotos: Germano Santos - Rádio Santa Cruz FM



Clique nas fotos para ampliar


Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim




Seja o primeiro a comentar

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis