Rádio Santa Cruz - FM

PARÁ DE MINAS EM DESTAQUE


Inadimplência afeta a venda de veículos na cidade: recusa de crédito está muito alta

02/04/2024

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

A inadimplência tem prejudicado a venda de veículos seminovos e usados em Pará de Minas. Segundo agências consultadas pelo Jornal da Manhã, a ausência de pagamento das dívidas e a baixa pontuação de crédito estão inviabilizando a contratação de financiamento e, impedindo a aquisição dos veículos.

Atualmente, o financiamento é a principal modalidade de compra de um carro. Sem o valor total, os consumidores recorrem às instituições financeiras e parcelam a dívida a longo prazo, pagando juros sobre a operação. 

Mas com o aumento da inadimplência, os bancos ficaram mais cautelosos na concessão do crédito. Em 2023, por exemplo, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), sete em cada dez financiamentos foram recusados, considerando modelos novos e usados.

Já agora, segundo Rodrigo Daniel Mendonça Guimarães, que é vendedor de uma agência da avenida Argentina, a recusa ao crédito está em 5 a cada 10 pedidos, número que também é considerado elevado para o mercado. E ele ainda cita outro dificultador para a venda: quando o financiamento é autorizado, os juros não agradam o consumidor.

Segundo Rodrigo, nem mesmo a queda da taxa Selic, que vem de seis reduções seguidas, tem melhorado as condições de crédito. A avaliação é feita individualmente, através da pontuação de crédito, também chamado de Score.

A partir da melhora das condições financeiras das famílias, Rodrigo acredita que o mercado irá se desenvolver melhor. Nesse sentido, ele defende mais ações de educação financeira e redução da inadimplência. 

Números da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor mostram que a inadimplência atingiu, em fevereiro, 28,1% das famílias. Foi a quinta redução seguida desde setembro de 2023, quando o indicador estava em mais de 30%. 

A principal modalidade de dívida das famílias é o cartão de crédito (86,9%), seguida por carnês (15,8%), crédito pessoal (9,9%), financiamento da casa (8,7%) e do carro (8,6%) e crédito consignado (6%).

Fotos: Rádio Santa Cruz/Germano Santos





Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim




Seja o primeiro a comentar

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis