Rádio Santa Cruz - FM

NOTÍCIAS DO DIA


Ensino remoto escancara as diferenças sociais na educação

06/04/2021

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

Ainda tentando absorver o tamanho do prejuízo causado pela pandemia de covid-19 e sem saber se serão colocados como grupos prioritários para vacinação, os profissionais da educação estão se esforçando para conseguir vencer tantos obstáculos em um momento cheio de novidades desafiadoras. Seja na rede pública ou privada não está sendo fácil lidar com o novo jeito de ensinar. As aulas estão fechadas há mais de um ano, sendo ministradas no modelo remoto, aproveitando as ferramentas que a tecnologia proporciona.

Contudo, a mudança da sala de aula para as telas da tv, computador e outros aparelhos eletrônicos não foi tão simples como parecia ser. As dificuldades de adaptação de alunos e professores foram notórias, marcando 2020 como um dos anos mais complicados da educação brasileira em toda a história do país.

E agora? Será que os educadores e os estudantes já estão ambientados ao modelo virtual de ensino? Mestre em educação e com mais de 12 anos de experiência na área, Miriam Marmol, professora e coordenadora pedagógica da Fapam, conversou com o JM e fez uma avaliação detalhada do que os profissionais estão vivendo nos tempos atuais.

Na opinião dela, não é possível afirmar que os professores estão adaptados, pois a mudança foi significativa e com o ano letivo já em andamento. Ela mostra a realidade inspirando-se naquele velho ditado popular de se “trocar o pneu com o carro em movimento”.

Segundo Miriam, antes de falar em adaptação ou qualidade no ensino é preciso levar em consideração a retomada das aulas no ambiente público e privado. Cada setor retornou com as atividades de uma forma, escancarando a diferença social e educacional. 


Sobre a qualidade do ensino, a professora destacou as adversidades de 2020, temendo que os prejuízos educacionais não sejam recuperados rapidamente.


Como as escolas continuam sem previsão para o retorno 100% presencial, resta ao setor educacional continuar apostando no ensino remoto. Mas esse investimento não se limita aos recursos financeiros, já que é preciso repensar as metodologias de ensino e abordagem dos conteúdos junto aos alunos.


Apesar dos desafios impostos à área, a pandemia mostrou o quanto o papel do educador é importante para o desenvolvimento social e econômico da comunidade. Por isso, assim como todo professor, Miriam Marmol também está ansiosa para voltar a lecionar dentro da sala de aula. 

Foto: FAPAM





Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim


RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis