Rádio Santa Cruz - FM

PARÁ DE MINAS EM DESTAQUE


Impressionado com os abusos, prefeito Elias Diniz ameaça fechar a cidade novamente

27/04/2021

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

Escandalizado com o desrespeito de boa parte da população às regras da Onda Vermelha, para a qual o município migrou no último sábado, o prefeito Elias Diniz ameaça fechar novamente o comércio e vários outros segmentos.

Ele fez questão de monitorar o movimento de pessoas nas ruas e nos estabelecimentos comerciais. Bares e restaurantes foram os campeões das infrações, mas algumas lojas de conveniência não ficaram atrás.

O número de pessoas nos centros comerciais também assustou o prefeito. Ele esperava uma movimentação maior, tendo em vista a reabertura das lojas depois de mais de um mês, mas o vai e vem nas ruas ultrapassou todos os limites:

O secretário municipal de Saúde, Wagner Magesty, também ficou assustado com o desrespeito da população às normas preventivas. Disse que o comportamento da população foi de total ignorância à Onda Vermelha:

O uso de máscaras, distanciamento social e a higienização das mãos continuam entre as principais recomendações na prevenção do coronavírus. 
Até aqui nenhuma novidade, mas essas precauções precisam ser levadas muito à sério por causa da existência de 92 cepas circulando em todo o território nacional, algumas muito preocupantes.

O alerta vem da Fundação Oswaldo Cruz, mais conhecida pela sigla de Fiocruz. Segundo os pesquisadores, entre tantas cepas três preocupam muito por possuírem maior capacidade de transmissão. No caso, a variante P1, a B 117 e a B 1.351. A P1 aparentemente tem maior velocidade de transmissão e com isso tem atingido grupos mais jovens e aumentado a sobrecarga na rede hospitalar.

Epidemiologistas advertem que se uma cepa for mortal, a pessoa vai pegar, adoecer e morrer. Daí a necessidade do governo aumentar rapidamente a cobertura vacinal, uma vez que o Brasil se tornou o país com a maior transmissão do mundo e pode virar o celeiro de uma nova variante. E a atualização do boletim do coronavírus em Pará de Minas confirmou mais 52 casos da doença no município, elevando para 3.122 o total de infectados desde o início da pandemia, em março do ano passado.

Também subiu o número de pacientes que estão recebendo acompanhamento domiciliar – agora são 102. Outras vinte pessoas estão hospitalizadas. O número de óbitos também aumentou, passando de 124 para 126. As vítimas tinham 51 e 78 anos.

Fotos: Arquivo/Rádio Santa Cruz FM




Veja também



 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 Fim


RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis