Rádio Santa Cruz - FM

PARÁ DE MINAS EM DESTAQUE


Turi perde mais um motorista para a covid: empresa aguarda início da vacinação dos profissionais do transporte

15/06/2021

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

A Turi confirmou mais uma morte em seu quadro de funcionários em decorrência da covid-19. A vítima foi Leonildo Geraldo da Silva, de 50 anos, chamado pelos colegas de Leo da Turi. Ele trabalhava na empresa do transporte público há 20 anos.

Leonildo faleceu no último sábado, no Hospital Nossa Senhora da Conceição, e foi sepultado no domingo sob forte comoção da família, dos amigos e colegas de trabalho. Ele trabalhava como motorista instrutor, responsável pelo treinamento de novos condutores. 

Segundo informações da concessionária, Leonildo relatou os primeiros sintomas numa quinta-feira, sentindo incômodos na garganta. Dois dias depois, informou que estava com forte dor de cabeça e 24 horas mais tarde estava com falta de ar.

Ele ficou internado 16 dias e chegou a ser extubado na última semana, mas o estado de saúde piorou repentinamente. Ainda de acordo com a empresa, Leonildo sempre foi uma pessoa de bom comportamento, se relacionava bem com os colegas e tinha ótimo desempenho em sua função, sendo admirado por todos.

Em homenagem a ele, a Turi afixou fitas pretas nos ônibus das linhas que funcionaram no domingo. Leonildo é o segundo funcionário da Turi que perdeu a vida por covid-19. 

No início de maio, Nelsinho Gonzaga da Silva, de 65 anos, que também tinha vasta experiência no transporte coletivo, faleceu após travar uma longa batalha contra a doença.

Apesar de ainda estar de luto, a concessionária recebeu uma notícia alentadora, dando esperança de que mais nenhum óbito seja registrado. Todos os profissionais serão vacinados na próxima quinta-feira, dia 17.

O superintendente da Turi em Pará de Minas, Djalma Rocha Júnior, informou que serão imunizados todos os motoristas, auxiliares, mecânicos e profissionais da área administrativa. Ao todo, cerca de 160 pessoas.

Vale lembrar que, entre março e abril, a Turi sofreu com o alto número de profissionais afastados por causa da covid-19. Alguns infectados ou com casos na família. A empresa chegou a ter 27 trabalhadores em quarentena de uma só vez.

Atualmente, segundo Djalma, apenas uma funcionária do setor administrativo está afastada, se recuperando da doença. Essa baixa é resultado da conscientização dos funcionários e das medidas de prevenção adotadas pela empresa, tanto no interior dos veículos, como no local de trabalho. 

Fotos: Arquivo/Rádio Santa Cruz FM, Prefeitura de Pará de Minas/Divulgação e Turi.




Clique nas fotos para ampliar


Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim




Seja o primeiro a comentar

RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis