Rádio Santa Cruz - FM

NOTICIÁRIO POLICIAL


Após investigações, Polícia Civil apresenta laudo e diz que segurança teve morte súbita cardíaca

11/10/2021

Há 0 comentários para essa notícia.

Highslide JS

O laudo pericial apresentado pela Polícia Civil  apontou que o segurança Edson Carlos Ribeiro, morto após agressão pelo empresário Pedro Lacerda, na cidade de Divinopolis, teve morte súbita cardíaca. Segundo a equipe, a causa da morte não teve relação com a agressão sofrida pelo suspeito, que segue preso desde o ocorrido, no dia 26 de setembro.

Segundo a equipe pericial, os trabalhos partiram da informação de uma agressão sofrida pela vítima enquanto trabalhava, na região superior entre a traqueia e a cabeça, por meio de um soco, com a a utilização de um suposto soco inglês. Para a perícia, não houve utilização do instrumento.

O médico legista, Marcell de Barros Duarte Pereira explicou o que foi constatado no corpo do segurança um hematoma na região da nuca e na parte frontal da cabeça, além de uma infiltração. Não havia feridas. 

Ainda segundo a equipe, Edson fazia uso de medicamentos regulares quando foi diagnosticada a doença cardíaca e a partir daí houve um ajuste medicamentoso. A esposa do segurança disse aos policiais que não tinha conhecimento da cardiomiopatia hipertrófica e que sabia apenas que ele era hipertenso.

O advogado do suspeito, William Melo, informou que solicitou revogação da prisão no dia 5 de outubro, quando teve acesso ao laudo preliminar, e que poderá ainda, entrar com pedido de Habeas Corpus.

Informações do G1 – Centro-Oeste
Foto: Reprodução/Facebook




Veja também



 1 2 3 4 5 6 Fim


RECEBA NOVIDADES

Cadastre-se e Receba no seu email as últimas novidades do mundo contábil.

Siga-nos

© Copyright - 2018 - Todos os direitos reservados - Atualizações Rádio Santa Cruz FM. Desenvolvido por:Agência Treis